28 de julho de 2014

CONSTRUTORA DESISTE DE OBRA E MUNICÍPIO PODE PERDER MAIS DE R$ 31 MILHÕES

Assim como as obras do Shopping dos camelôs não vai acontecer tão cedo, devido a problemas com as construtoras responsáveis, agora surgiu mais um problema.

A construtora “Unidas Engenharia” desistiu de realizar as obras de infraestrutura dos bairros Sinval Palmeiras, Manoel Leão, Jorge Amado, Maria Matos, Lomanto Júnior, Nova Itabuna, Santa Catarina e Bananeira, na zona Oeste, do município. Os serviços estavam previstos para serem iniciados no início de maio, mas a empresa já abandonou o canteiro de obras (foto).

O prefeito Claudevane Leite (PRB), assinou ordem de serviço para as obras no mês de abril, na oportunidade foi realizada uma grande festa em uma faculdade particular da cidade. Mas toda festa tem seu final. Esse conjunto de obras é financiado pelo Governo Federal em quase R$ 32 milhões, por meio do PAC 2, com contrapartida de R$ 4,8 milhões da Prefeitura.

Vale lembrar que esse projeto foi interrompido em 2012, depois que a empresa então responsável pelas obras, a GDK, entrou em processo de falência e em seguida solicitou afastamento. A Prefeitura teve que negociar a retomada com o Ministério das Cidades e com a Caixa Econômica Federal.

Segundo alguns empresários, a prefeitura terá dificuldade em realizar uma nova licitação, já que o valor da obra é de 2012, por isso já está defasado, e a construtora que tocar a obra terá prejuízo. Outra construtora que está com problema para receber seus repasses da PREFEITURA, é a CONSTRUTORA STATUS, que até o momento não sabe o que é receber um centavo. E segundo informações, os trabalhadores são pais de famílias e precisam receber da construtora para seus sustentos familiares.

Fonte: Políticos do Sul da Bahia

ITABUNA COMPLETOU HOJE 104 ANOS DE ENROLAÇÃO

Castigada por muitos políticos, ao longo desse tempo, muitos deles, sem visão de futuro; Sem um Plano Diretor, Itabuna completou hoje (28) 104 anos de emancipação-político-administrativo, sem nada a comemorar, ao não ser a mesmice, principalmente, por causa de um Governo do Estado, pertencente ao PT, que, simplesmente, ignorou que esta cidade existe "nas terras de todos eles". Governo, este, que tenta enganar o povo baiano através de propagandas mentirosas em todos os setores de comunicação social.  Gastando mais com esse setor, do que, mesmo, com a educação, saúde e segurança.

Itabuna hoje conta com um Rio, que já foi de águas cristalinas, poluído; um verdadeiro esgoto a céu aberto, levando o mau cheiro a todo o centro da cidade, o que vem prejudicando e castigando a população. Tudo isso, por falta de um projeto de saneamento básico. E, o que se vê, hoje, nas ruas e avenidas da cidade, é o esgoto correndo, sem nenhum tratamento, nesses locais, levando riscos de saúde para as crianças e adultos. Seu sistema de saúde é um dos mais castigados, do país, o povo constantemente está morrendo nas portas dos hospitais por falta de leitos, médicos ou medicamentos.

O setor de segurança pública, parece não existir, onde gerando grande violência à sua população, chegando a cerca de 100  assassinatos, 99% deles, devido ao comércio de drogas, até o momento, o que vai ultrapassar o número do ano passado, sem se falar nos assaltos em todo o município. Com isso, também, morrem os inocentes. Outro problema é a falta de reciclagem do lixo, e da construção de um aterro sanitário, uma determinação que o município - segundo o Ministério do Meio Ambiente, terá que cumprir, até o próximo mês de Agosto, deste ano.   

Sem atrair indústria para a geração de emprego e renda, a população de Itabuna, aliada a exterminação, quase total da sua economia maior, o cacau, a comunidade deste município, a cada dia, apesar da pujança de seu comércio, se torna em uma das mais pobres em poder aquisitivo do Estado. Por isso muitos itabunenses estão deixando a sua terra, com lagrimas nos olhos, para outras paragens por falta de opções. Os baianos, principalmente, a população itabunense têm  que ficar atentos, pois, todo o cidadão tem uma grande arma na mão, para romper com essas adversidades, que é o seu voto! Com todo esse descaso Itabuna é hoje um dos municípios mais prejudicados do Estado e o seu futuro é uma grande incógnita!    Não temos o que comemorar!  "O possível está feito, o impossível, far-se-á!".

FIÉIS SE AFASTAM DAS MISSAS POR CAUSA DE POLITICAGEM

A missa de hoje na Catedral de São José foi um fiasco das pessoas que foram rezar o terço e se confessar 98% foram políticos. O santo ficou assustado com tanta gente mal intencionada dentro da catedral. Até aquele que antes não ia em igreja católica estava lá ente os presentes. Fiquei observando as pessoas que chegavam na porta de entrada se benziam e davam meia volta, balançando a cabeça negativamente. Agora eu faço uma pergunta: em outras ocasiões que ão seja ano políticos eles vão a igreja?
Observem que as galerias e os bancos estão vazio. Os fiéis estão se fastando das missas em época de politica, e o santo deve se sentir incomodado com tanta gente "boa" olhando para um lado e para outro e muitas vezes acendo para alguns. Por falar em missa o Prefeito mais vez mostrou que não goza de boa popularidade nem de seus aliados. Os contratados e comissionados deixaram Vane praticamente sozinho. Será que é castigo Divino?

MICO NA HORA DE HASTEAR A BANDEIRA DO BRASIL


Prefeito Vane comete um garfe e uma falta de assessoria irreparável. A Bandeira do Brasil foi hasteada de cabeça de  pra baixo. Nesse momento faltou alguém da assessoria do Prefeito para avisa-lo do MICO e da falta de atenção que ele estava cometendo. Observem nas fotos que a bandeira Brasileira está de cabeça pra baixo. Tudo aconteceu na hora do Hino Nacional antes da missa na Catedral de São José. 
Depois do garfe chamaram um ajudante para colocar a Bandeira do lado certo. Me pediram para não publicar essa matéria, mas são coisas que não podem passar despercebida. Eu sempre digo que não estou no bolso nem de Prefeito, e nem de Vereador nenhum. 

PARABÉNS MINHA QUERIDA ITABUNA PELO SEU ANIVERSÁRIO.


Itabuna é uma cidade fulgente, com um povo gigante. Apesar de se encontrar adormecida. Talvez deitada “em berço esplendido” ou a dormitar uma pequena sesta à sobra dos jequitibás, que tanto embelezam as suas matas. Mas sabemos que Itabuna está viva, em ebulição, uma cidade que cresce em habitantes, mas não consegue se desenvolver. Em Itabuna encontramos gente de todos os cantos da terra. São emigrantes que aparecem e ficam para sempre. Outros vem se estabelecem e depois por motivos alheios a sua vontade se vão, mas não consegue esquecer Tabocas, Itabuna, e nem o seu povo grapiúna. Hoje, não quero falar do aspecto de minha cidade, quero falar do que sinto por ela, pelo povo que aprendi a amar; os amigos que aqui tenho; minha família. Eu tenho duas filhas que nasceram em Itabuna e agora um netinho, e todos nós, temos orgulho dessa terra. Eu cresci em Ibicaraí, mas passei maior parte da minha vida em Itabuna, tenho orgulho em dizer que sou Cidadã Itabunense, por merecimento, pois sempre me dediquei aos menos favorecidos dessa terra que me adotou e terminou de me criar.

Itabuna é uma cidade altiva, de vibrante cultura, com grandes artistas, várias raças que se misturam e dão a nossa terra uma identidade forte e guerreira. Uma cidade de gente sonhadora, povo simples e que acreditam que a nossa cidade ainda verá dias melhores. Um povo bravo que trabalha, mas também sabe se divertir. Eu sempre desejo o melhor para Itabuna, que a minha lida terra seja repleta de amor, que seu povo tenha muita fé e também muito discernimento, pois acredito que a vida foi feita para se sonhar e ter esperança e o povo grapiúna é um povo forte. Hoje, 28 de julho, Itabuna completa 104 anos e quero neste ensejo parabenizar ao povo itabunense, gente guerreira, honesta e trabalhadora, que com seu trabalho diário contribui para o desenvolvimento e melhoria da nossa cidade. E desejo que cada cidadão grapiúna seja um ponto de apoio na construção de uma Itabuna melhor. É necessário semear ações e colher conquistas, buscando no presente o futuro para que as conquistas da comunidade sejam sempre crescentes, demonstrando que somos nós quem fazemos o amanhã e que nossa perseverança é a luz que ilumina o caminho rumo a uma Itabuna mais justa e cidadã.

É como muito gorgulho que digo que amo Itabuna e venho aqui para deixar a minha mensagem de esperança e agradecimento a toda essa gente grapiúna, esse povo que me acolheu tão bem e mesmo depois da minha partida, quando retorno e encontro os amigos e conhecidos, é como se fosse uma festa, pois vejo a alegria estampada nos rostos dos que veem me abraçar e me falar de saudade. Por isso, eu tenho muito respeito e carinho por esse povo, homens e mulheres que com suas mãos sabem valorizar Itabuna, sabem receber os que chegam, sabem acolher os forasteiros. Que a minha, a nossa cidade tenha dias melhores, que o seu povo volte a sorrir livremente, que todos os empecilhos que impedem o seu crescimento sejam vencidos e que possamos festejar o aniversário da nossa terra com festa no coração. Feliz aniversário, minha querida cidade Itabuna.

Maria José Gonçalves (Tia Nen).
Psicóloga.

MENSAGEM DO VEREADOR ANTONIO CAVALCANTE

Parabéns Itabuna? Pelos seus 104 anos 1910 a 2014.

CONCURSO NA CÂMARA DE VEREADORES DE ITABUNA

A turma do Vereador Joílson Rosa essa semana entregou o projeto do concurso para o Prefeito Vane assinar. Ai eu pergunto??? Que interesse que ele tem de entregar e que seja logo assinado, será que é para efetivar sua esposa que não é efetiva? Pois todos sabem que na Câmara de Vereadores só tem 2 efetivos, o resto entrou após o que determina a Constituição Federal. Tornaram-se efetivos, ou acham que se tornaram, por um decreto municipal, que não se sobrepõe a uma Lei Federal. Esse concurso, feito as “coxas” é somente por interesse eleitoreiro e acordo firmado entre o Presidente Aldenes Meira e alguns Vereadores, inclusive Joílson Rosa. O Ministério Público será acionado em breve. 

27 de julho de 2014

SEM CHANCE DE SER PRESIDENTE

Enquanto isso, nos bastidores da Câmara de Vereadores a briga pela presidência segue com acordos e traições a toda hora. A única certeza é que Joílson Rosa não será presidente. Já avisaram: se insistir se arrisca a perder o mandato. Se esses caras tem alguma coisa que incrimina um colega de "profissão", porque não me falam? Eu prometo que guardo segredo.
Do A Região

26 de julho de 2014

OS CANDIDATOS “COPA DO MUNDO”

Depois do fim da Copa do Mundo, começou a temporada dos muitos candidatos “copa do mundo”, que só lembram do seu endereço a cada quatro anos, quando precisam do seu voto para garantir muito dinheiro, mordomias e esquemas. Eles estiveram aqui em 2010, prometeram “lutar pelo sul da Bahia”, trazer verbas e tornar nossa vida uma maravilha. Na prática, passaram 4 anos aproveitando as benesses do poder sem se preocupar com nossa região. Claro que existem exceções, mas não encontrei as que devem estar por aí. Na “copa eleitoral” nossos candidatos são como a seleção alemã e nós como a brasileira, levando goleada dos espertos. Passamos vexame ao votar em mais de 250 políticos que nunca pisaram na região, ao votar neles de novo quatro anos depois, mesmo sem saber ao certo o que fizeram entre uma eleição e outra. Eles alegam que fizeram sim um trabalho por Itabuna e Ilhéus, citam emendas para entidades ou obras importantes que “colocou no orçamento”. Antes de mais nada é preciso entender como funciona este esquema marketeiro.

Um deputado pode propor e aprovar uma emenda para Itabuna, por exemplo. Mas daí a sair o dinheiro vai um caminhão de diferença. Na maioria das vezes a emenda é derrubada ou congelada pelo governo federal, que é quem manda de fato. Só para você saber, várias emendas de 4 anos atrás nunca saíram do papel, nunca geraram empregos ou benefícios.

Outra enganação é dizer que fez muitos discursos em defesa da região. Tá... Além de, na maioria, ser discurso só para enganar trouxas, eles nunca tiveram uma consequência sequer. Tem deputado na tribuna há anos “lutando” por concurso público. Você ouviu falar de algum concurso? Outros “pongam” em obras que nada tiveram a ver com eles ou vivem de levar o prefeito até ministérios ou secretarias onde ele poderia ter ido por conta própria.

Daí, tudo o que sai das reuniões é colocado na conta de proezas do deputado. Balela. Quando um candidato te procurar, lembre que ele não quer trabalhar por você, muito menos “defender” a sua região. O candidato a federal quer os mais de R$ 140 mil que terá nas mãos todo mês, além de nomeações e a chance de ganhar por cada voto dado. O candidato a estadual está de olho nos quase R$ 100 mil que terá, todo mês, na conta, além da mesma propina por cada voto dado a favor ou contra o governo de plantão.

Calma, não estou dizendo que todos são assim. Existem caras bons. O que digo é que você pense muito bem antes de ajudar alguém a ganhar isso. Para os que querem se reeleger, peça a lista de ações, discursos, projetos de lei e como votou em cada decisão. Melhor ainda, vá até os sites câmara. leg.br ou al.ba.gov.br e veja você mesmo. Dá um pouco de trabalho mas, pelo menos, você não vai se sentir um otário ao descobrir que o “deputado” é uma farsa. Para os nunca eleitos, pergunte a quem conhece as peças e pesquise no Google. A sujeira costuma aparecer.
Do A Região

NOTA DE FALECIMENTO

É com muita tristeza e pesar que anunciamos o falecimento de Rose esposa de nosso amigo radialista Manoel Messias. Que DEUS conforte você e seus filhos e toda sua família amigo. Rose fez aniversário no último dia 18. Messias e Rose estavam casados há 21 anos. O velório acontece no SAF e o sepultamento será neste domingo às 16 horas...

IMPRESSIONANTE!!! ITABUNA ESTÁ DE PARABÉNS!!!!!

Quem estava por lá viu... E quem não foi, por não acreditar...PERDEU!!!! 1ª Caminhada do Programa Viv-À-rte da Fundação Marimbeta, para comemorar oito meses de criação, adolescentes felizes, população encantada, e Itabuna homenageada pelos seus 104 anos de emancipação!!!!!! 

Parabéns Daise Santos, Itabuna agradece seu empenho, sua dedicação independente de partidos ou lado políticos você é uma exemplo a ser seguido.

GUARDAS MUNICIPAIS E O PODER DE POLÍCIA.

A Guarda Municipal é uma instituição centenária e sempre existiu na função de proteger as cidades, quase foram extintas no período militar, e voltou através da Constituição de 1988, tendo como objetivos principais proteger o bem público, serviços e instalações, conforme disposição do artigo 144 da nossa Carta Magna. Primeiro lugar eu quero afirmar que não tenho nada contra a Guarda Municipal, acho que é uma instituição valida e que tem o seu lugar, o que aqui quero esclarecer é em relação ao Poder de Polícia. 

O Plenário do Senado Federal aprovou, no dia 16, o Projeto de Lei que cria o Estatuto Geral das Guardas Municipais. O texto garante poder de polícia aos servidores, ou seja, a categoria pode passar a ter direito ao porte de armas e à estruturação em carreira única, com progressão funcional. O texto será encaminhado à sanção presidencial e ainda pode ser vetado. O Poder de Policia é aquele exercido pelo Estado limitando as liberdades individuais em nome do interesse público. Esse poder é exercido pelos mais diversos órgãos da administração, em virtude do aumento da incidência da proteção estatal aos mais variados serviços como meio ambiente, transito, segurança pública, urbanismo, vigilância sanitária, podendo ainda ser preventivo ou repressivo.

De acordo com o projeto, as guardas municipais terão poder de polícia com a incumbência de proteger tanto o patrimônio como a vida. Eles deverão, ainda, usar uniformes e equipamentos padronizados, mas sua estrutura hierárquica não poderá ter denominação idêntica a das forças armadas. O USO DE ARMAS pela guarda, no entanto, TEM RESTRIÇÕES. O estatuto classifica em três hipóteses o uso de armas de fogo em municípios: aqueles com mais de 500 mil habitantes e nas cidades com população entre 50 mil e 500 mil, ou em municípios que integram regiões metropolitanas, quando os guardas estiverem em serviço. O texto prevê ainda a suspensão em casos como restrição médica, decisão judicial ou justificativa da adoção da medida pelo dirigente da guarda. O projeto de lei prevê ainda que haja uma capacitação para que esses profissionais possam exercer as novas funções com um prazo de dois anos para que haja a padronização dos equipamentos e dos uniformes em todos os municípios do país.

Michel Missi, sociólogo do Núcleo de Violência Urbana da UFRJ, observa essa nova atribuição na função da guarda municipal com cautela. “A guarda municipal já atua bem dentro de sua esfera, não necessariamente deveria ter um poder de policia. Eu, particularmente, sou contra o uso de armas letais pela guarda municipal, acho que o uso de armamento não letal é o ideal. No entanto ainda é cedo pra avaliar o que vai acontecer. Cabe a cada estado decidir as atribuições da guarda municipal a cada localidade”, conclui. 

Para Francisco Carlos Teixeira, Historiador e Cientista Político da UFRJ, no atual contexto de uma polícia que ainda age com violência nas manifestações e contra as populações de periferia, dar esse tipo de poder a mais uma corporação é temerário. "É preciso pensar o que é a policia no Brasil e reformular esse conceito. A policia brasileira tem um contingente maior do que o exército, então não há uma falta de polícia, mas, sim, uma necessidade de preparação. Vejo a relação da guarda municipal no dia a dia em meio urbano do Rio de Janeiro com as pessoas e com camelôs, e a impressão que dá é de um despreparo em lidar com a população", afirma.

Bem, para resumir, devo salientar que em Itabuna, o despreparo dos Guardas Municipais é algo que está à vista de todos, pois sabemos que os mesmos estão em seus cargos por indicação politica e não por capacitação. Para ser um soldado da Policia Militar, primeiramente será necessário que o candidato preencha todos os requisitos exigidos para ingresso conforme o que preceitua a lei complementar – 587, depois o candidato deverá prestar concurso para ser aprovado, e após concurso entrará em fase de cursos e treinamento, passando por testes psicológicos, sendo que o candidato que não atender todas as exigências será desclassificado. Bem, para ser Guarda Municipal, basta ter um bom padrinho que sua indicação será efetivada. Pelo menos uma coisa ainda nos tranquiliza OS GUARDAS DE ITABUNA, NÃO PODEM ANDAR ARMADOS. SE ANDAR ESTARÁ INFRINGIDO A LEI COMO QUALQUER CIDADÃO. Mas vamos esperar para ver o que vai acontecer.

O SERVIDOR E O TRABALHO NA PREFEITURA

Prezado, um desabafo mais uma vez, para contribuir com seu excelente blog.
A política de Itabuna já foi mais limpa. Atualmente, a maioria dos órgãos de imprensa está autoamordaçada, uns caraminguás, às vezes com propagandas diretas, outras vezes com um almoço ou alguns litros de gasolina, tem até quem pague contas de água e luz para ter um soldado manco com um microfone ou escrevendo besteira em algum blog chapa branca. Não importa o motivo ou o jabá que estão levando, o fato é que apenas dois ou três, não arriscaria mais que isso, se mantém independentes.
Fecharam o cerco contra os servidores da prefeitura, trabalho há 20 anos ali e nunca vi tanto puxa saco, X9, até parece que nos tornamos uma sucursal do governo cubano, claro só para a obediência e subserviência.  
Os funcionários, sobretudo os mais velhos, se sentem vigiados o tempo todo, tem de ficar medindo as palavras, falar pouco ou não falar nada, pois, há um certo clima de perseguição ou, o um temor que os “cupinchas” levem informações ao gabinete do vice-prefeito, ou a seus olheiros quase sempre parasitas.
Acabou a alegria no trabalho, agora, só tensão, olhares desconfiados e medo, é assim a rotina na prefeitura hoje. Nem nos tempos das grossuras de Fernando Gomes isso aconteceu, tem colegas verdadeiramente sitiados, trabalhando sob a marcação serrada e, com medo de armações.
Infelizmente, o prefeito não vê isso, entregou a prefeitura para um bando e “capitães do mato”, e fique sabendo, tudo já está sendo na base da troca, se você tiver problema com o valor de algum imposto, ligue para os assessores do vice-prefeito, ou procure falar com as pessoas certas, pois, assim tudo será resolvido rapidamente.
Problema com alguma obra, construção irregular, terrenos, qualquer problema, tudo será resolvido. Claro, vai ficar melhor ainda, depois da eleição.
Sabe qual é o sentimento da maioria dos funcionários da prefeitura hoje, de nojo, de escárnio pela forma com que a gestão nos tem tratado. Mas, se só há falsidade do outro lado, também seremos falsos, fingiremos que tudo está bem e que o mundo é mesmo vermelho.
Na verdade, penso que logo a prefeitura vai virar um comitê, é essa a sensação que temos aqui. Tanta gente de bem nessa cidade, porém, temos de admitir com tristeza, tanta gente omissa, pois, acabam permitindo que poder seja aparelhado dessa forma.
Só quero que saibam, que tem pais de família na prefeitura, pessoas sérias honestas, honradas, que sempre trabalharam com dignidade e, não precisam ser humilhadas ou oprimidas pela política do medo.
Nunca pensei, que o Governo de Vene fosse ser assim, acreditamos nele, agora, estamos todos aqui silenciosamente decepcionados e incomodados.
Parece sina, na gestão passada alguém subiu no Salto e se achava no direito de maltratar colegas, agora, não sabemos com quem estamos falando, todos podem ser “olheiros”, “dedos duros”, nunca se viu uma política de intimidação e medo tão eficiente, como a que está ocorrendo na prefeitura hoje.
Mas, louvamos e torcemos por uma grande renovação na política de Itabuna, que surja gente nova, bem intencionada e disposta a valorizar e respeitar o servidor na próxima eleição, em fim, tudo muito diferente do que temos hoje.

COMETÁRIOS ANÔNIMOS É TERRITÓRIO DOS COVARDES

Todas as caixas de comentários na internet deveriam, por lei, ser obrigadas a conter a seguinte advertência: "Não escreva sobre alguém algo que você não tenha coragem de dizer pessoalmente". Em outras palavras: na hora de expressar sua opinião, não seja um covarde. Isso, claro, não iria acabar com o festival de bravatas, ofensas e xingamentos que infesta as redes sociais com comentários anônimos. Mas talvez fizesse que o internauta percebesse o quanto está sendo fanfarrão. Pede pra sair, mané! Porque, convenhamos, se não fosse o anonimato ou a impossibilidade física de ser alcançado por um soco na cara, 90% dos impropérios que são veiculados simplesmente deixariam de existir.

A internet desperta no pacato cidadão os sentimentos mais torpes e primários. Escondido atrás da telinha do celular ou do computador, sabedor que nada acontecerá com ele, que não pode ser punido nem jamais terá que responder por seus atos (e palavras), o mentecapto age como um homem-bomba do taleban em frente à embaixada dos Estados Unidos. Pena que ele não vá aos ares com a explosão de sua ignorância e desrespeito.

NA TERRA COMO NO CÉU


 Por João Otavio Macedo
Numa população de mais de sete bilhões de habitantes, que é a atual população da terra, é impossível não ocorrer fatos que deixam as pessoas comovidas e preocupadas; evidente que o clímax dessas ocorrências é a guerra, quando milhões são mortos, outros tantos são mutilados e o abalo na economia mundial é considerável. O fator violência acompanha o desenvolvimento da humanidade, manifestando-se de várias maneiras, parecendo difícil, senão impossível, extingui-lo.
Desastres aéreos são sempre esperados, embora o seu número seja bem pequeno em relação à quantidade de voos que ocorrem diariamente; mas, como é um acidente que chama muito a atenção e é bastante comentado nos meios de comunicação, é motivo de pesar, levando muitas pessoas a evitar o transporte aéreo, como "o diabo da cruz". E essa comoção aumenta , ainda mais, quando a aeronave é abatida, em pleno voo, como aconteceu, recentemente, com um avião da Malaysia Airlines ,que ia de Amsterdã para Kuala Lumpur, matando 298 pessoas, entre passageiros e tripulantes . É o resultado de mais uma longa briga entre ucranianos e russos,estes contando com a simpatia de separatistas ucranianos que querem aliar-se à poderosa Russia. Entre os mortos, havia 189 holandeses e o avião foi abatido por um míssil de fabricação russa; não se sabe por que o comandante do avião sinistrado não evitou voar sobre a área de conflito.
Crime no céu, com o avião abatido ,e crime na terra,com vândalos roubando os pertences das vítimas e apanhando o que se encontrava entre os escombros do avião; alguns dias atrás, em um noticiário da televisão, abordando as enchentes em Santa Catarina, aparecia uma senhora chorando porque sua casa havia sido "visitada" por malfeitores, que levaram alguns pertences; além dos estragos da cheia, os ladrões se aproveitando da desgraça alheia; isso também ocorre quando se é vítima de acidentes nas estradas, com os bens das vítimas sendo , rapidamente, surrupiados.Convenhamos, é muita falta de solidariedade levando, às vezes, à desesperança na melhoria da espécie humana.
No oriente médio, naquela faixa pequena de terra ocupada por Israel e Palestina, mais uma vez a paz é quebrada e vemos, também pela televisão, mísseis voando de um lado a outro, ora disparados pelos fanáticos palestinos reunidos no grupo Hamas, ora disparados pelo bem armado exército israelense; e algumas centenas de mortes já ocorreram e outras tantas ocorrerão, caso não haja mais um cessar fogo, naquela interminável guerra entre os judeus e os palestinos.E assim tivemos, nos últimos dias, ocorrências no céu e na terra, todas lamentáveis e que merecem uma profunda reflexão.
Aqui no nosso belo e rico Brasil, também a violência campeia e a nossa Itabuna não fica à margem; é bem verdade que, no caso local, como também ocorre em muitas cidades, o motivo é a briga das facções, pela comercialização das drogas, fato que, décadas atrás, não se tinha conhecimento; as drogas chegaram para valer e é fator desestabilizador na sociedade.
Está a nossa cidade comemorando mais um ano de sua emancipação política e, mais do que a realização em obras, que são necessárias, evidentemente, ficaríamos mais felizes e agradecidos ,se essa violência pelo menos diminuísse e esses jovens não fossem arrancados da vida, tão cedo, nessa guerra inglória das drogas. Seria um presente dos deuses, no aniversário da cidade, uma drástica queda na violência e um futuro promissor para a nossa juventude.



ÍNDICE