ADEUS, CAPITA

O mundo do futebol deu o último adeus a Carlos Alberto Torres. O corpo do "Capita" foi sepultado no fim da manhã desta quarta-feira, no cemitério do Irajá, na Zona Norte do Rio de Janeiro, cerca de 24 horas depois do ex-jogador morrer, vítima de um enfarte fulminante, aos 72 anos. O caixão foi coberto com uma bandeira do Brasil, em homenagem à história de Carlos Alberto na Seleção, onde foi o líder do histórico time que conquistou o tricampeonato mundial no México, em 1970, e marcou o quarto gol da vitória sobre a Itália na grande decisão.

Nenhum comentário: