VANE MANDA DEVOLVER LIVROS COM COMPRA SUSPEITA

Após denúncia na imprensa na aquisição de 6.525 livros em processo de inexigibilidade de licitação para a aquisição da coleção didática “Vivenciando a Educação no Trânsito, para a Secretaria de Transporte e Trânsito (Settran), com valores de cerca de R$ 339.000, o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite ordenou que os exemplares, todos já entregues, fossem devolvidos e fosse cancelado o processo licitatório.

Uma compra dessa natureza e com este montante é considerada estranha, já que só faltam pouco mais de dois meses para o governo acabar. Os livros seriam para a Diretoria de Educação para o trânsito da Settran.

Diretor Jorge Teles
O cancelamento da compra causou a revolta do diretor da pasta, Jorge Teles, que manifestou sua indignação na rede social Facebook. Teles justificou que o material seria de suma importância para educação dos futuros motoristas e disparou: "Gostaria de dizer as pessoas que perderam seu tempo indo na prefeitura e MPE articulando o cancelamento da licitação dos livros que vocês devem ter filhos e filhas que um dia serão condutores no transito, ou seja, sua felicidade hoje amanhã poderá ser tristeza! No Brasil morrem 50 mil pessoas por ano e mais de 200 mil ficam sequelados após acidentes de trânsito! Agora aguardar próxima gestão e continuar".

3 comentários:

Anônimo disse...

Um.....sei não. Esse diretor deve estar muito preocupado com e$$es livros. São muitos intere$$es.

Anônimo disse...

Beto bom dia gostaria que vc comentace no seu blog um derrespeito por parte do SETRAN todos os domingos uma viatura fica o dia tôdo atavesada em frente a camara de veriadares fazendo a segurança para o lazer das crianças. Até ai tudo bem o derrespeito é que a viatura fica esse tempo tôdo com o motor ligado porque o ar condicionado estar ligado e os agentes no whatsap o dia tôdo. derrespeito total OBRIGADO

Anônimo disse...

Que coisa viu. já no fim do mandato de Jorge Teles como diretor, o homem vem com essa de comprar livros. E o pior, ele é irônico; pelas minhas convicções, ele estar articulando pra ficar na pasta em outro governo. Fique de olho ministério público.